Ufac realiza votação para retirada de homenagens à colaboradores da ditadura militar

As homenagens foram feitas por nomeações dos prédios da Universidade. A votação para permanência ou retirada pode ser acompanhada via Google Meet

Por conta de uma recomendação do Ministério Público Federal (MPF), o Conselho Universitário da Universidade Federal do Acre (Ufac), estará realizando uma votação de sessão pública na tarde desta terça-feira, 8, para votar a retirada das nomeações de prédios que homenageiam pessoas que contribuíram com a ditadura civil-militar no Brasil.

A recomendação do Ministério Público se baseou na lei federal que recomenda “promover a alteração da denominação de logradouros, vias de transporte, edifícios e instituições públicas de qualquer natureza, sejam federais, estaduais ou municiais, que se refiram a agentes públicos ou particulares que notoriamente tenham do comprometimento com a prática de graves violações”.

Confira abaixo o nome dos colaboradores do regime homenageados pela Universidade:

Áulio Gélio Alves de Souza, Geraldo Gurgel de Mesquita, Jorge Kalume, Francisco Wanderley Dantas, João de Mendonça Furtado, Omar Sabino de Paula, Rubem Carlos Ludwig, Joaquim Pessoa Igreja Lopes e Zaqueu Machado de Almeida, José Guiomard dos Santos, Edmundo Pinto de Almeida Neto, Joaquim Falcão de Macedo, Mário David Andreazza, Jarbas Passarinho, Euclydes de Oliveira Figueiredo, Sérgio Mário Pasquali, Edilberto Parigot de Souza Filho, Augusto Cézar Sá da Rocha Maia, Félix Bestene Neto e Esther de Figueiredo Ferraz.

Todos os nomes acimas representam prédios dos campus da Ufac. A sessão pública desta terça-feira, que pode ser acompanhada via Google Meet, votará a favor ou contra a permanência das homenagens.

fonte:gazetadoacre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + quinze =