Municípios do Acre devem ganhar até R$ 212 milhões com reforma tributária, diz estudo

Um estudo publicado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), publicado no final de agosto, apresenta estimativa atualizada do impacto redistributivo da reforma tributária para as receitas dos estados e municípios. No Acre, todos os 22 municípios terão ganhos, com total amealhado está estimado em R$ 212 milhões.

Os municípios favorecidos concentram 67% da população brasileira e correspondem a 98% daqueles que possuem produto interno bruto per capita inferior à média brasileira.

O estudo comparou as receitas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) obtidas em 2022 por todos os municípios e estados do país com as que teriam sido verificadas na vigência do novo modelo tributário, com um imposto sobre bens e serviços de base ampla e cobrado no destino, ou seja, no local de consumo.

Em algumas unidades federadas (UFs), o governo do estado tem sua participação no bolo tributário reduzida, mas o ganho dos municípios supera e compensa essa perda, tornando o estado ganhador. Por isso, com 60% dos estados e 82% dos municípios ganhando, temos 78% das UFs (estado mais municípios) sendo beneficiadas pela reforma tributária.

fonte: contilnet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − um =