Gladson chega em evento do 7 Setembro e encontra protesto dos moradores da invasão do Irineu Serra

Após serem impedidos de acessar a Avenida Getúlio Vargas, os manifestantes se deslocaram para o estacionamento da Igreja Catedral Nossa Senhora de Nazaré.

O Governador Gladson Cameli (PP) foi cercado por moradores da invasão do Irineu Serra (Terra Prometida), que reinvidicam um teto para morar. As famílias estão acampadas na frente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), e aproveitaram as festividades do dia 7 de Setembro para protestar.

Os ex-moradores da invasão, tentaram invadir a Avenida Getúlio Vargas, onde acontecerá os desfiles em alusão ao dia da Independência, porém, Policiais Militares se anteciparam e montaram um bloqueio, impedido o acesso dos manifestantes. Em seguida, o Governador chegou ao local e falou com a imprensa sobre o ocorrido.

“Eles não querem acordo, vocês são testemunha. A imprensa é testemunha. Ontem falei com eles, me coloquei à disposição, me coloquei como fiador, mas agora eu não quero mais. Não posso compactuar, mas democracia é isso, que possamos tem um bom 7 de Setembro, um país mais justo de digno. O combinado não sai caro, mas tipos de antecipações de eleições, não vou compactuar com isso”, disse Gladson.

Em uma outra ocasião, Gladson recebeu os moradores e propôs aos manifestantes 25 lotes no bairro Defesa Civil, próximo ao Acampamento Marielle Franco, para a construção de casas, mas uma comissão formada pelos sem-terra não aceitou o acordo, argumentando que não morariam “no quintal de ninguém”

fonte: nahoradanoticia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =