Presídios de Rio Branco passam por Reformas

O Instituto Penitenciário do Acre segue com as obras de reforma no Presídio Antônio Amaro Alves. Dos sete pavilhões que foram destruídos, durante a rebelião ocorrida em julho deste ano, dois já foram reformados, e um está em reforma.

O Iapen entende a importância da família, por isso trabalha para que haja o retorno das atividades normais na unidade e estuda uma forma para o retorno das visitas que estão suspensas desde a rebelião.

Todos os dias, sem exceção, os internos têm recebido visitas de seus advogados. Esse acesso contínuo e regular ao sistema de justiça é um direito garantido e respeitado, assegurando que os reeducandos tenham a devida assistência legal.

Segundo Rayfran Alves, diretor do presídio, é fundamental ressaltar que os órgãos de fiscalização do Estado estão plenamente cientes de todas as ações adotadas nesta Divisão de Estabelecimentos Penais de Segurança Máxima e Regime Disciplinar Diferenciado e que as Comissões de Direitos Humanos, juntamente com a Comissão de Combate à Tortura, têm acompanhado de perto, todas as operações e atividades na referida Divisão Prisional.

“Importante destacar que os valores éticos e a dignidade humana são princípios inegociáveis que são rigorosamente respeitados em todas as circunstâncias”, destaca o Diretor.

O Iapen não está medindo esforços para que tudo volte a sua normalidade. Todas as ações tomadas pelo instituto visam garantir a segurança dos próprios visitantes, dos reeducandos e dos servidores daquele local.

Fone: nahoradanoticia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + sete =