3 mil focos de queimadas em 2023 registrado no Acre mas aponta redução comparado a 2022

Com a chegada da estiagem, os meses de agosto e setembro são característicos do aumento de queimadas e incêndios florestais no Acre. Em 2023, o estado já registrou 3050 focos de queimadas desde 1 de janeiro até 14 de setembro, segundo o INPE.

Foto: Folhapress

Apesar do número alto, houve uma redução se comparado ao mesmo período no ano anterior, que registrou 7358 focos entre 1 de janeiro a 14 de setembro de 2022.

Apenas no mês de setembro, foram 1402 focos de queimadas no Acre. O município de Feijó tem 24,2% dos focos em 2023, sendo 339 apenas neste município.

fonte: contilnet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × um =