A Superintendência da Polícia Federal no Acre nega que Michele Melo tenha registrado ocorrência de ameaça

A Superintendência da Polícia Federal no Acre negou nesta quinta-feira, 14, que a deputada estadual Michele Melo (PDT) tenha formalizado Boletim de Ocorrência ou prestado algum depoimento referente a suposta ameaça que teria sofrido por ligação telefônica de um número não identificado na semana passada. “A Polícia Federal informa que não houve formalização de termos de declaração ou depoimentos referentes a eventuais ameaças sofridas por parlamentares”, aponta comunicado da Assessoria de Imprensa.

A reposta da PF vem após Michele afirmar por meio de nota que havia prestado depoimento e registrado o caso nas autoridades competentes, sem citar o nome da instituição, mas no início desta semana ela acabou revelando que foi a Polícia Federal levar o caso e não à Polícia Civil.

“Fiz a oitiva e o depoimento na Polícia Federal, tanto da ameaça quanto do motivo dela. Algo tão sério quanto uma ameaça a uma parlamentar, achei melhor fazer as denúncias cabíveis na esfera federal”, alegou a deputada a imprensa.

A semana passada questionava a parlamentar sobre o caso, já que foi apurado junto ao delegado-geral de Polícia Civil, Henrique Maciel, que nenhum boletim havia sido registrado nas delegacias de Rio Branco sobre o caso de ameaça, apesar do governador ter determinado que se investigasse. Para se investir, a queixa deveria ter sido protocolada, o que não ocorreu.

“Recebi uma ordem do governador para apoiar a investigação. Eu ainda cheguei a mandar mensagem a deputada e a ligar me colocando à disposição, mas ela não me deu retorno”, disse o chefe de Polícia

O desencontro de informações fez com que a Assembleia Legislativa acabasse não se manifestando oficialmente sobre o episódio, já que um parlamentar havia sido supostamente ameaçado. Porém, instituições como a Ordem dos Advogados do Brasil no Acre, o Instituto Mulheres da Amazônia e o RenovaBR se manifestaram em defesa da deputada pedindo apuração rápida no episódio.

Fonte: ac24horas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + quatro =