Na primeira quinzena de setembro Acre registra quase 1500 foco de inc√™ndio ūüĒ•

O painel de queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), aponta que o estado do Acre registrou 1470 focos de incêndio nos primeiros 15 dias de setembro.

O munic√≠pio de Feij√≥ foi o que mais concentrou os focos de inc√™ndio, chegando a 356, o que representa 24,3% de todos os focos de queimada no estado. Em seguida est√° Tarauac√°, que teve 289 notifica√ß√Ķes, correspondente a 19,7%.

Desmatamento e queimadas dentro da Reserva Chico Mendes. Foto: Ramon Aquim

Cruzeiro do Sul ocupa o terceiro lugar, com 140 focos de incêndio. A capital acreana, Rio Branco, ficou em quinto lugar, com 76 indícios de queimadas.

VEJA MAIS: Acre chega a mais de 3 mil focos de queimadas em 2023, mas aponta redu√ß√£o comparado a 2022

Apesar do n√ļmero alto, o painel revela que houve uma redu√ß√£o em mais de 60% nos focos de queimadas, quando comparado ao mesmo per√≠odo, no ano passado, quando o estado teve 4270 focos.

Feijó também apresentou redução, com relação ao mesmo período em 2022, quando foram registrados 1023 focos. Rio Branco também apresentou diminuição significativa, com um total de 404 indícios de queimadas no ano passado.

Fonte: contilnet

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × tr√™s =