Prefeitura ouve reivindicação de moradores do ramal Santa Maria

Os moradores do ramal Santa Maria, reivindicaram, nesta terça-feira (24) intervenção da
prefeitura em um trecho com pouco mais de um quilometro, mas segundo o próprio
presidente do bairro, Cairo Arthur, essa extensão já está no plano diretor da Empresa
Municipal de Urbanização (Emurb), que segue um cronograma de serviço para execução de
obras.
“A nossa manifestação foi em prol de um plano que já está dentro do plano diretor de
pavimentação da Emurb. No local temos mais de 100 famílias, cadeirantes, o Centro de
Equoterapia, que trabalha com a reabilitação utilizando cavalos. O ramal, apesar de ser
classificado como zona rural, se inclui dentro do perímetro urbano, por isso a
pavimentação também”, disse Cairo.
Uma equipe do gabinete da prefeitura esteve no local para conversar com os
manifestantes. O chefe do Gabinete Militar, cel Ezequiel Bino, propôs a criação de uma
comissão entre os moradores para dialogar com os gestores das secretarias de
Planejamento e de Infraestrutura para ver a possibilidade de uma resposta que possa
atender o pedido da comunidade sem que haja prejuízo no cronograma.
“Vamos nos reunir na Seinfra para uma conversa franca a respeito do que será possível
realizar nesse ramal ainda este ano. A gestão está com muitas obras, muitos ramais em
recuperação e é necessário a compreensão de que não é possível fazer tudo ao mesmo
tempo. Então, os secretários dirão de que maneira ou quando poderão atuar nesse ramal.
O importante é isso: Dialogar”, disse o coronel Bino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × dois =