Prefeitura de Rio Branco discute políticas públicas para o idoso na Aleac

Representando a Prefeitura de Rio Branco, a secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Suellen Araújo, participou, na manhã dessa sexta feira (27), de sessão especial na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), para discutir medidas de implementação de políticas públicas voltadas à pessoa idosa.

A sessão também teve a participação de promotores do Ministério Público Estadual (MP-AC) e representantes dos Conselhos dos Direitos da Pessoa Idosa.

Para o presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, Tupinambás Lima, a audiência é uma excelente oportunidade e permite que o conjunto de órgãos públicos e entidades possam juntos se expressar, além de ser uma forma vital de se sensibilizar ao olhar para a pessoa idosa de maneira diferente e principalmente humana. Entre as principais demandas e preocupações do conselho de proteção aos idosos, segundo o presidente, é, sem dúvida, a violência.

“Infelizmente essa é a realidade e lamentavelmente um dos principais problemas que a gente constata. Isso é real! O pior de tudo, é que na grande maioria, isso tudo ocorre no seio da própria família dessa pessoa idosa vitima”, lamenta Lima.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do total populacional de 894 mil habitantes no Acre, 9,8% são de idosos, ou seja, quase 88 mil pessoas acima de 60 anos.

Bastante aplaudida em seu discurso na tribuna, a secretária da SASDH, Suellen Araújo, destacou a preocupação da atual gestão do prefeito Tião Bocalom, ao tema da pessoa idosa e ressaltou que o Município não tem medido esforços para garantir os direitos e o bem estar desse público, reiterando que isso é uma determinação do próprio prefeito, o olhar diferenciado e mais humano com os nossos idosos.

“É importante frisar que a prefeitura já vem promovendo essas políticas públicas voltadas às pessoas idosas. Hoje, nós temos o nosso Centro do Idoso no Calafate. Nos nossos oito Cras, temos grupos de referência e de convivência, onde os idosos fazem os seus passeios, atividades físicas, dança e aprendem sobre alimentação saudável. O prefeito Tião Bocalom já deu a ordem de serviço para construção de mais um centro do idoso, que será na Regional do Rui Lino e ainda tem outros três centros que serão construídos em outras regionais da nossa capital”, afirmou.

fonte: prefeituraderiobranco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 3 =