Programa Asfalta Rio Branco é lançado para melhorar a infraestrutura urbana da cidade

O Programa Asfalta Rio Branco foi criado com o objetivo de viabilizar a trafegabilidade das vias urbanas da cidade. O programa era um sonho antigo do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, e que a partir de agora se torna realidade.

“No início da gestão a cidade estava com muitos buracos. Tapamos alguma coisa em torno de 2.000, 2.500 ruas, mas tem muitas ruas para serem tapadas e outras ruas também para serem feitas. Então, esse programa contempla tudo isso. Evidentemente que nós não vamos resolver 100% do problema. Porque para resolver 100% do problema precisamos buscar bilhões. Nós não temos como fazer isso. Mas, que se Deus quiser, a nossa cidade estará muito diferente”, disse o prefeito de Rio Branco.

Segundo o secretário de Infraestrutura de Rio Branco, Cid Ferreira, no primeiro momento, 100 quilômetros de ruas receberão benefícios que vão desde a implantação de calçadas com acessibilidade, pavimentação asfáltica e de tijolos maciços, drenagem e paisagismo.

“Ele contempla asfalto, calçamento padronizado, paisagismo, drenagem. Tudo isso para que a cidade fique realmente bonita em condições da população ter o seu ir e vir, sem nenhum tipo de problema.”

Serão investidos um total de 190 milhões de reais, recursos oriundos de empréstimo aprovado pela Câmara Municipal e mais 50 milhões de recursos próprios da prefeitura. De acordo com o presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac), o programa vai aquecer a economia local.

“Acredito que esse pontapé inicial que o prefeito Tião Bocalom está fazendo em Rio Branco traz para a gente uma alegria muito grande de saber que a gente vai recuperar um pouco do que foi a angústia do ano passado. Foi um ano de acomodações, um ano de muitas expectativas frustradas. Então, muito positivo esse momento agora para a gente”, explicou o presidente da FIEAC, José Adriano.

As audiências públicas serão realizadas com os líderes comunitários em todas as dez regionais da cidade para ajudar a definir as ruas que serão contempladas. Dez empresas e a Empresa Municipal de Urbanização (Emurb) realizarão os serviços. Serão contempladas com prioridade as ruas onde existem escolas, centros municipais de educação infantil, unidades de saúde e que sejam itinerário de transporte coletivo.

“Teremos pelo menos 11 empresas trabalhando, 10 da iniciativa privada e uma pública que é a Emurb, que estarão cuidando da nossa cidade para a gente recuperar esses pavimentos que nós temos aí”, concluiu o prefeito.

(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × quatro =