Prefeitura de Rio Branco anuncia novo concurso público para todas as áreas

Na manhã desta quinta-feira (22) o prefeito de Rio Branco Tião Bocalom anunciou o maior concurso público da história de Rio Branco. Serão 1.267 vagas. Segundo o prefeito, o concurso vem suprir várias demandas do município.

“Segundo o corregedor geral, a prefeitura está fazendo o maior concurso público da história, com 1.267 vagas. Eu estou feliz, pois estamos promovendo, inclusive, algumas funções que não existiam. Por exemplo, a questão das máquinas. Nós compramos 44 máquinas até agora e só tinham dois operadores. É nessa linha que a gente está trabalhando”, destacou o prefeito.

Hoje o município gasta 42% com funcionários. A folha de pagamento chega a 44 milhões por mês, com a nova contratação vai gastar aproximadamente 5 milhões mensais a mais, saindo de 44 para quase 50 milhões de reais. O prefeito disse ainda que a comissão se atentou a Lei de Responsabilidade Fiscal que é necessário cumprir para não comprometer a folha de pagamento.

“Nós não podemos ser irresponsáveis de fazer muita contratação e estourar a folha de pagamento. Temos uma Lei de Responsabilidade Fiscal que precisamos cumprir. Gastamos até agora 42% ano passado, nós não podemos ultrapassar, nem chegar a 47%, pois acende a luz amarela. Podemos inviabilizar o município para o futuro. Por isso a necessidade de contratação muito maior, mas infelizmente em função dos números que a prefeitura tem, não dá para contratar mais”, explicou o prefeito.

O edital deverá ser publicado no diário oficial do estado ainda esta semana. A organizadora do concurso será o Instituto Verbena. As provas estão previstas para o dia 21 de abril, já no início de maio será anunciado o resultado final.

O secretário Municipal de Gestão Administrativa (SMGA), Jhonatan Santiago,  disse que serão dois editais, um vai ser específico para as vagas de operadores de máquinas pesadas, máquinas agrícolas e por agentes de endemias.

“Serão duas fases. Terá a prova escrita e terá uma prova prática, ou seja, o operador vai ter que ir lá operar e marcar com a comissão que vai estar avaliando e os agentes de saúde e agentes de endemias eles serão submetidos a um teste físico simples que três fases, uma corrida, flexão de braços, abdominal, para testar sua capacidade física”, explicou.

O secretário adjunto de Educação, Paulo Machado, diz que o concurso vem suprir uma demanda antiga do município.

“A nossa rede escolar vai crescendo, também vai crescendo em conjunto às necessidades de servidores efetivos. Esse concurso vem em boa hora, vem cumprir um propósito já antigo do prefeito Bocalom, que é justamente de dar consolidação ao quadro da prefeitura. E nós estamos muito felizes com esse momento”.

(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)
(Foto: Evandro Derze/Assecom)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + quinze =