Prefeitura de rio branco entrega consultório móvel para atendimento de pessoas em situação de rua

Com o objetivo de levar mais dignidade à população rio-branquense, a Prefeitura de Rio Branco entregou, na manhã desta terça-feira (26), uma van que será usada como consultório móvel, voltada exclusivamente ao atendimento de pessoas em situação de rua.

Sheila: “Nosso objetivo é esse, proporcionar mais dignidade à população de rua” (Foto: Evandro Derze/Assecom)

O veículo-consultório faz parte do programa Consultório na Rua, da Prefeitura de Rio Branco, e foi adquirido com recursos próprios do Município. Foram investidos exatos R$ 584 mil, na aquisição da van totalmente adaptada com todos os equipamentos e móveis de um consultório médico, além de cadeiras para espera dos pacientes.

“Quando nós assumimos essa gestão, já existia um consultório móvel: o Consultório de Rua móvel, só que ele não era adequado, não era adaptado, não dava condições suficientes para atender com dignidade. Agora, não, esse novo Consultório de Rua, tem mesa ginecológica, pia para lavar as mãos e os equipamentos para os médicos e os enfermeiros. Esse consultório irá atender, determinados dias, em vários locais diferentes. Nosso foco e o nosso objetivo é esse, proporcionar mais dignidade à população. Vamos colocar o atendimento nas regionais do Primeiro e Segundo Distritos”, pontuou Sheila Andrade, secretária municipal de Saúde.

O prefeito de Rio Branco enfatizou que a gestão tem buscado criar políticas públicas de acolhimento e ajuda voltada para as pessoas em situação de rua.

“A gente precisa ir criando políticas públicas no sentido de acolher e ajudar essas pessoas. Outro dia saiu um de rua que estudou e se formou e já é uma representação para todos, uma referência para nós dentro da Educação. É isso que a gente quer. Ir criando oportunidades para eles. Essa questão da saúde deles é fundamental, a gente sabe, pois ficam pelas ruas e normalmente não vão ao médico e por isso que vamos levar o atendimento até eles”.

O Consultório na Rua é um dispositivo móvel da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) que funciona de acordo com a Portaria n° 122 de janeiro de 2011, que define as diretrizes de organização e funcionamento das equipes de Consultório na Rua.

A equipe do Consultório na Rua é composta pelos seguintes profissionais: enfermeiro (01), técnico de enfermagem (01), psicólogos (02), educador social (01), médico do Programa Mais Médicos (01) e motorista (01).

Foto: Evandro Derze/Assecom
Foto: Evandro Derze/Assecom
Foto: Evandro Derze/Assecom
Foto: Evandro Derze/Assecom
Foto: Evandro Derze/Assecom
Foto: Evandro Derze/Assecom
Foto: Evandro Derze/Assecom
Foto: Evandro Derze/Assecom
Foto: Evandro Derze/Assecom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 8 =